Siga-nos nas redes

Cultura

Abril traz Mário Laginha e Companhia Olga Roriz à Casa das Artes

Publicado

em

na programação de abril na Casa das Artes de Famalicão. O mês inicia com a continuidade da “Poética da Palavra”, os encontros de teatro que constituem um dos momentos altos da programação para este mês. A festividade pascal também está vertida com música e cinema.

A Companhia Olga Roriz, traz o espetáculo “Autópsia”, a 29 de abril, às 21h30, no Grande Auditório. Mário Laginha atua no dia 30 de abril, no mesmo horário e no mesmo espaço, no concerto de apresentação do disco em que o Eixo do Jazz Ensemble se reuniu com Mário Laginha e a que se chamou” EJE meets Mário Laginha”.

O texto, a palavra, a voz e o trabalho de ator vão continuar a estar em destaque nos encontros de teatro Poética da Palavra”, concretamente, já a 1 e 2 de abril, com a estreia de “Quem matou o meu Pai”, de Édouard Louis” / Teatro Nova Europa, leitura encenada de Luís Mestre, no Pequeno Auditório. Será no dia 1, sexta-feira, às 10h30 e 15h30, sessões para escolas e, dia 2, sábado, às 15h30, para público geral. 

Em estreia, também, estará “FábulaMãe”, de Teresa Arcanjo / Grua Crua, nos dias 1 e 2 de abril, no Grande Auditório.

No dia 8 de abril, “Língua de Cão e Litania” por Pedro Frias / Assédio Teatro é a proposta programática e que vai decorrer às 21h30, no Grande Auditório.

A 9 de abril, às 21h30, no Grande Auditório, numa encenação de Luísa Pinto, a partir de um texto de Carlos Tê, é apresentado “Um Fio de Jogo”, numa produção da Narrativensaio-AC.

Dentro da dinâmica da” Poética da Palavra”, realizam-se mesas-redondas que juntam diversos atores, encenadores, dramaturgos em torno da reflexão sobre a arte do Teatro. Esta iniciativa decorre, às 17h00, no Café-concerto, com entrada livre. No dia 2, o tema será Dramaturgia, com coordenação de Luís Mestre (encenador e dramaturgo) e as presenças de Carlos Costa (dramaturgo e Diretor Artístico do Visões Úteis), Ivo Saraiva e Silva (cofundador da Companhia de Teatro SillySeason, encenador e dramaturgo) e Jorge Palinhos (escritor e dramaturgo). No dia 6, o tema será Encenação, com coordenação de João Castro (ator e encenador) e as presenças de Sílvia Pinto Ferreira (atriz e programadora artística na Quarta Parede), Magda Henriques (diretora artística das Comédias do Minho) e Cristina Carvalhal (atriz e encenadora). No dia 9, o tema da mesa é Teatro e Educação Artística, com coordenação de Helena Machado e as presenças de Sílvia Correia (autora e responsável pelo projeto piloto do Curso Básico de Teatro), António Capelo (ator e diretor da ACE – Escola de Artes) e David Antunes (diretor da Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa).

Nos dias 21, 22 e 23 de abril, a proposta é “Soundcheck”, uma coprodução Teatro da Didascália, A Oficina, Casa das Artes de Famalicão, Teatro Aveirense, Circuito – Serviço Educativo Braga Media Arts, Cineteatro Louletano. Sessão na quinta-feira, às 15h00, para escolas, e sexta-feira e sábado, às 21h30, no Grande Auditório.

CONCERTO DE PÁSCOA

A festa da Páscoa continua presente na programação da Casa das Arte, com a realização, a 13 de abril, às 21h30, na Igreja Matriz Nova de Famalicão, do Concerto de Páscoa. A Orquestra do Norte, com o Coro de Câmara de Amarante e os solistas Alexandra Moura (soprano), Margarida Reis (mezzo-soprano), Paulo Ferreira (tenor), Job Tomé (barítono), sob a direção do maestro Fernando Marinho, interpretam João Domingos BOMTEMPO (1775-1842) Requiem em dó menor, Op. 23 “À Memória de Camões”. Este concerto de música coral sinfónica está inserido na programação da Semana Santa de Vila Nova de Famalicão.

O cinema está também em sintonia com o ambiente pascal com um ciclo sobre a temática Migrações, nos dias 5, 6 e 7 de abril, às 21h30, com entrada livre. No dia 5 é exibido “Sacro Gra”, no dia 6 será “Fogo no Mar” e, no dia 7, “Nocturno”. Todas as películas são de Gianfranco Rosi e este ciclo é uma parceria da Confraria das Santas Chagas com a Casa das Artes de Famalicão e o Cineclube de Joane.

O Fado no Café da Casa está agendado para 7 de abril, às 21h30, no Café concerto. Esta é uma coprodução da Casa das Artes de Famalicão e a ACAFADO – Associação Cultural & Artística Famalicão Fado e traz as fadistas Joana Campos e Sandra Cristina, acompanhas por João Martins (Guitarra Portuguesa), João Araújo (Viola de Fado) e Filipe Fernandes (Viola Baixo).

PARTILHE ESTE ARTIGO:

FAMA TV

FAMA RÁDIO

ARTIGOS RECENTES

ARQUIVO

OP NAS REDES