Siga o OP nas redes

Cultura

JOF volta a reunir jovens músicos ligados a Famalicão

Publicado

em

Já está a decorrer a terceira edição da JOF- Jovem Orquestra de Famalicão. Trata-se de um estágio de curta duração, que volta a reunir jovens músicos famalicenses ou formados nas escolas de música do concelho.

Este ano participam quase 80 músicos, orientados pelo maestro famalicense José Eduardo Gomes.

O estágio culmina com a realização de três concertos. Dois deles na Casa das Artes de Famalicão, esta sexta-feira e sábado, pelas 21 horas. No domingo a JOF atua no Altice Fórum Braga, pelas 18 horas. 

Para a edição de 2021 da JOF foram recebidas cerca de 135 candidaturas, que resultaram na seleção de quase 80 músicos para instrumentos de cordas (violinos, violas, violoncelos, contrabaixos e harpa), sopro (flautas, oboés, clarinetes, fagotes, trompas, trompetes, trombones tenor, trombone baixo e tuba) e instrumentos de percussão.

A faixa etária predominante na JOF é a dos 18 aos 22 anos de idade, que correspondem a, aproximadamente, 75% do grupo em estágio. Destaque, também, para a presença de jovens instrumentistas que realizaram formação, ou que se encontram a estudar em escolas no estrangeiro, em países como: Suíça, Alemanha, Holanda, Escócia, Inglaterra, Espanha e Bélgica.

A direção artística da JOF permanece a cargo do maestro famalicense José Eduardo Gomes, maestro titular da Orquestra Clássica da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e Professor na Escola Superior de Música e das Artes do Espetáculo do Porto (ESMAE).

Esta edição da JOF conta, de igual modo, com a presença do pianista português Nuno Marques, atualmente radicado em Nova York onde desenvolve a sua carreira, e do experiente compositor Luís Tinoco, docente na Escola Superior de Música de Lisboa cuja música é publicada pela University of York Music Press, que participam na qualidade de solista e de compositor convidado, respetivamente.

Recorde-se que a JOF é organizada pelo Município de Famalicão e visa enaltecer o ensino profissional de música existente no concelho, composto pelo CCM – Centro de Cultura Musical, ArtEduca – Conservatório de Música de Famalicão e ARTAVE – Escola Profissional Artística do Vale do Ave.

Concertos de entrada gratuita

Todos os concertos são de entrada gratuita mas com obrigatoriedade de levantamento de ingresso. Os bilhetes para os concertos de 3 e 4 de setembro na Casa das Artes de Famalicão poderão ser obtidos na bilheteira deste espaço, e para o concerto do dia 5 de setembro, no Altice Fórum Braga, através do email ana.machado@investbraga.com . Refira-se que a lotação dos locais está limitada, conforme as restrições que vigoram, devido à situação pandémica.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

FAMA TV

FAMA RÁDIO

ARTIGOS RECENTES

ARQUIVO

OP NAS REDES