Siga o OP nas redes

Cultura

Fundação Cupertino de Miranda mostra obras de António Paulo Tomaz

Publicado

em

A Fundação Cupertino de Miranda inaugura esta sexta-feira, 22 de outubro, pelas 19 horas, a exposição “A inocência em António Paulo Tomaz”.

António Paulo Tomaz (Lousã,1928-2009), estofador de profissão, aproximou-se do surrealismo por influência de Cruzeiro Seixas e integrou a primeira exposição do grupo “Os Surrealistas”, em 1949, em Lisboa. Esta exposição, que juntou artistas como António Maria Lisboa, Cruzeiro Seixas, Fernando José Francisco ou Mário Cesariny, entre outros, serviu para definir públicamente a distância e uma espécie de “rupture inaugurale” em relação ao Grupo Surrealista de Lisboa.
Esta exposição pretende homenagear Cruzeiro Seixas, cumprindo um desejo seu de destacar a obra de António Paulo Tomaz, guardada numa gaveta no seu quarto.

“Fruto da mais recente incorporação proveniente do legado deixado por Cruzeiro Seixas, foi possível reunir um conjunto de obras da autoria do homenageado que nunca tiveram a merecida oportunidade para se apresentarem e que assim propõe-se como um intento de ‘desocultação’ – esperamos e desejamos que definitiva – da obra, da pessoa e da personagem de António Paulo Tomaz”, referem os comissários da exposição, Marlene Oliveira e Perfecto Cuadrado.

A exposição estará patente até dia 26 de fevereiro de 2022.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

FAMA TV

FAMA RÁDIO

ARTIGOS RECENTES

ARQUIVO

OP NAS REDES