Siga o OP nas redes

Economia

Exportações têxteis regressam a terreno positivo graças aos “produtos Covid”

Publicado

em

As exportações de têxteis e vestuário voltaram a terreno positivo no mês agosto, com um valor exportado de 355,3 milhões de euros, um tímido aumento de 0,2% face a agosto do ano passado.  O balanço foi feito hoje pela Associação Têxtil e Vestuário de Portugal (ATP).  

“A contribuir para este aumento estiveram naturalmente os ‘produtos Covid’, mas também as matérias primas de algodão (+19,7%), os tecidos especiais (+15,7%), os tecidos de malha (+12,2%) e as pastas, feltros e artigos de cordoaria (+3,2%)”, refere a associação, que tem sede em Famalicão, em comunicado.

A título de exemplo, salienta que os artefactos têxteis confecionados, onde se encontram as máscaras, aumentaram as exportações em 10 milhões de euros em agosto (+449%).

No entanto, o valor acumulado das exportações do setor até agosto, permanece com uma quebra superior a dois dígitos ( -13,5%, equivalente a menos 477 milhões de euros exportados), “apesar de termos exportado mais 109 milhões de euros de artefactos têxteis confecionados (onde se incluem as máscaras) e mais 17 milhões de euros de vestuário confecionado com feltros ou falsos tecidos (onde se incluem os equipamentos de proteção individual)”, lê-se no comunicado.

De janeiro a agosto, o setor exportou mais 29 milhões de euros para França (+6,4%) e mais 4,7 milhões de euros (+419%) para o Chipre, tendo estes sido os destinos que registaram maiores crescimentos em termos absolutos.

Inversamente, para Espanha foram exportados menos 291 milhões de euros (-27%) e para Itália (menos 28 milhões de euros (-13%), os dois destinos com maiores quedas.

Economia

Famalicão inaugura terceira incubadora Famalicão Made IN

Publicado

em

por

O presidente da Câmara de Famalicão, Paulo Cunha, inaugura amanhã, terça-feira, a terceira Incubadora de Empresas Famalicão Made IN.

Localizada no CIIES – Centro de Investigação, Inovação e Ensino Superior, em Vale S. Cosme (antigas instalações da Didáxis), a estrutura “representa mais um passo importante e sustentado do executivo municipal no apoio aos empreendedores no processo de desenvolvimento de novos projetos empresariais”, diz a autarquia, em nota à imprensa.

A inauguração surge no contexto de comemoração do 6º aniversário de instauração do projeto Famalicão Made In, a grande aposta do Município para promover o crescimento económico e social do concelho, através da promoção de um contexto municipal facilitador da iniciativa empresarial.

Segundo a autarquia, o novo polo tem como vocação “a sustentabilidade e a circularidade da economia”, pretendendo “não só atrair projetos empresariais que acrescentem valor à indústria famalicense, mas também auxiliar as novas empresas a definirem uma estratégia eficiente que siga esta tendência do mercado”.

Continuar a Ler

Economia

PS Famalicão apela ao estacionamento gratuito para apoiar o comércio tradicional

Publicado

em

por

Estacionamento gratuito em todas as ruas do concelho de Famalicão, por um período de tempo a determinar. É esta a medida apresentada pela concelhia do PS, esta sexta feria, com o objetivo de fomentar a economia local, incentivar os famalicenses a frequentarem o comércio tradicional e contribuir para a “vitalidade das nossas ruas”, pode ler-se no comunicado às redações.

Face às consequências económicas inerentes à pandemia de Covid-19, o partido apela à Câmara Municipal que tome rápidas medidas e salienta que “um pequeno gesto que pode fazer a diferença e ter um impacto muito positivo no negócio”.

Continuar a Ler

Economia

Desperdício Zero: Auchan e a TGTG já salvaram 8.000 refeições

Publicado

em

por

“São é, neste Dia Mundial da Alimentação, contribuir para a redução do desperdício alimentar”.
É com este mote que a Auchan Famalicão , Auchan Vila Real, Auchan Santo Tirso e Auchan de Guimarães comemoram mais um Dia Mundial da Alimentação e se congratula, a si e aos seus parceiros, pelas oito toneladas de alimentos que já foram salvos pelas várias campanhas anti-desperdício que puseram em curso.
Numa fase em que o desperdício global de recursos chega a ser preocupante a Auchan direcionou os seus esforços para contrariar esta tendência.
Um destes exemplos é a criação do Bolo de Banana Vegan, cuja produção evitará o desperdício anual de 1.500 kg de bananas.
Outra destas iniciativas foca-se no aproveitamento de pão, que não é vendido no dia em é produzido, sendo transformado em pão ralado, bastante útil em açordas e pudins, por exemplo. Um esforço que já evitou o desperdício de 10.612 kg de pão.
A parceria da Auchan com a Too Good To Go continua, através de uma ‘app’, a disponibilizar cabazes de alimentos que iriam ser desperdiçados, a uma fração do preço, que podem ser levantados na Auchan da respectiva cidade.
Dois destes cabazes, chamados Magic Box, irão ser oferecidos à Associação Dar as Mãos, esta sexta-feira, na Auchan de Famalicão, com o valor de 15€, e compostos por uma série e produtos alimentares cuja validade termina no próprio dia.  

Continuar a Ler

Mais vistos