Siga-nos nas redes

Famalicão

Mário Passos preocupado com impacto da greve dos professores nas escolas

Publicado

em

O presidente da Câmara de Famalicão está preocupado com o impacto da greve dos professores nas escolas do concelho. Em declarações ao OPINIÃO PÚBLICA, Mário Passos, apela ao diálogo e encara “com enorme preocupação” o que se está a apesar no setor e que levou, por exemplo a que a Escola Secundária Camilo Castelo Branco estivesse encerrada durante três dias, desde a última quinta-feira até ontem, segunda-feira.   

Ao longo dos últimos dias, assiste-se a escolas encerradas ou a funcionar com perturbações e milhares de alunos sem aulas no concelho. São as consequências diretas da greve dos professores que se arrasta desde o final do primeiro período e que promete continuar ao longo deste mês de janeiro, afetando o normal funcionamento dos estabelecimentos de ensino por todo o país, e também em Famalicão.

Mário Passo lembra que “as escolas são para estar abertas, para receber os alunos e para que se desenvolva o processo de ensino/aprendizagem”. O edil considera, contudo, que as reivindicações dos professores “são mais que justas e têm décadas”, por isso, diz esperar que a tutela “resolva, de uma vez por todas, estas matérias”, afirmando a “disponibilidade da autarquia para ajudar no que for necessário”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

FAMA TV

FAMA RÁDIO

ARTIGOS RECENTES

ARQUIVO

OP NAS REDES