Siga-nos nas redes

Famalicão

CDU preocupada com aumento de situações de crianças em risco

Publicado

em

Durante a pandemia, a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Famalicão viu o número de sinalizações de crianças e jovens em risco aumentar consideravelmente. Destas sinalizações a maior parte deve-se a situações de violência doméstica seguindo-se de absentismo escolar e negligência. São números que preocupam a CDU que reuniu a diretora da CPCJ de Famalicão, Andreia Oliveira.

Neste encontro, a CDU esteve representada por uma delegação que incluiu a eleita da Assembleia Municipal e candidata à Assembleia da República pelo Círculo Eleitoral de Braga Tânia Silva (na foto).

Em comunicado, a CDU lembra que, durante a pandemia, a CPCJ famalicense não parou o seu normal funcionamento, exceto nas suas funções de sensibilização e alerta da comunidade, que eram presenciais e não se puderam realizar devido à situação pandémica, “dificultando a comunicação entre a instituição e a comunidade”.

A coligação e esquerda refere ainda que, atualmente, não existem no concelho vagas suficientes em casas de acolhimento para receber crianças em situação de risco. A CDU considera esta carência como uma “falha grave, que põe o bem-estar destas crianças e jovens, que se encontram num momento, que por ele mesmo já é de grande instabilidade”.  Nesse sentido, promete acompanhar o trabalho CPCJ, considerando que esta comissão “desempenha uma atividade de elevada importância social”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

FAMA TV

FAMA RÁDIO

ARTIGOS RECENTES

ARQUIVO

OP NAS REDES