Siga-nos nas redes

Famalicão

Mau tempo: Câmara averigua causas que levaram à queda de árvores em Joane e na cidade

Publicado

em

A Câmara de Famalicão solicitou à Universidade de Trás os Montes e Alto Douro (UTAD) uma análise ás árvores que caíram na vila de Joane e na cidade de Famalicão, durante o mau tempo que se fez sentir no início da semana passada.

Esta quinta-feira, na reunião do executivo camarário, o vereador do Ambiente, Hélder Pereira, disse que as árvores “não apresentavam qualquer patologia” pelo que foram enviadas amostras à UTAD, no sentido de serem analisadas e de se perceber qual a causa que levou à queda daquelas duas árvores.

Recorde-se que uma árvore caiu, no passado dia 17 de janeiro, junto à Rotunda da Paz”, atingindo um veículo em marcha. Também nesse mesmo dia, um adulto e uma criança sofreram ferimentos ligeiros, na sequência da queda de uma árvore, na Rua dos Estudantes, na vila de Joane.

Hélder Pereira informou ainda que, em 2022, os serviços municipais realizaram, em todos o concelho, 700 avaliações de árvores e 400 intervenções de segurança, nomeadamente, podas.

O vereador anunciou também que, em 2023, a autarquia quer aumentar o número de avaliações ao estado das árvores no concelho, sobretudo, nas zonas de maior circulação de pessoas, como parque e zonas escolares.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Subscrever grátis

rádio e televisão em direto

ARTIGOS RECENTES

ARQUIVO DE NOTÍCIAS

Mais vistos