Siga o OP nas redes

Cultura

Críticas ao fecho das livrarias durante confinamento na abertura da Semana da Leitura

Publicado

em

A escritora e jornalista Filipa Martins criticou, esta segunda-feira, em Famalicão, a gestão da pandemia feita pelo Governo no que concerne ao setor livreiro, concretamente o encerramento das livrarias durante o recente período de confinamento.

Filipa Martins é, este ano, a madrinha da Semana da Leitura de Famalicão e, na sessão de abertura do evento, que coincidiu com o primeiro dia da primeira fase de desconfinamento, disse: “hoje é um dia de festa, as livrarias e bibliotecas abriram, finalmente”.

Para a escritora, o livro há muito que deveria ser considerado um bem de primeira necessidade. “O livro é uma saída de emergência para os dias de confinamento e de pandemia, é um tratado para a nossa saúde mental e para o nossos bem-estar. Portanto, deveria ser equiparado a todos os outros alimentos que nos alimentam o físico. Infelizmente, não tem sido”, afirmou.

Filipa Martins reforço ainda que “o índice de leitura em Portugal, com a pandemia, não subiu”, considerando que, para isso, “terá contribuído as políticas públicas e a forma como o Governo viu o livro nesta fase”.

Numa cerimónia que foi transmitida nas redes sociais, a partir da escola EB 2,3 D. Maria II, o vereador da Cultura e Educação na Câmara de Famalicão, Leonel Rocha sublinhou a importância ainda maior que a Semana da Leitura assume em tempos de pandemia. “O desânimo que porventura possa existir, as dificuldades que possamos estar a passar, podem ser colmatadas com a leitura”, defendeu.

Depois, pegando no tema do evento para este ano – “Somos o Que Lemos” – o responsável autárquico enfatizou que “não somos pandemia, não somos covid; somos pessoas e a leitura é aquela que nos pode catapultar para novos patamares e horizontes”. Por isso, manifestou toda a disponibilidade do Município em “continuar a apoiar e a desenvolver iniciativas que promovam o hábito, o gosto e o prazer da leitura”.

A Semana da Leitura, que decorre até ao próximo sábado, dia 20, é promovida pela Rede de Bibliotecas de Famalicão e conta com diversas iniciativas dirigidas tanto à comunidade educativa como à população geral do concelho, que, devido á pandemia, decorrem em formato online, através do facebook da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco.

Do programa destaca-se a iniciativa “Famalicão a LER”, que será assinalada esta quinta-feira, no dia 18, pelas 10h15, O que se pretende é que durante breves minutos todos os famalicenses possam interromper os seus afazeres para usufruir de um momento descontraído de leitura, seja ela de um livro, de um jornal ou de uma revista.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

FAMA TV

FAMA RÁDIO

ARTIGOS RECENTES

ARQUIVO

OP NAS REDES

anuncie neste espaço > ligue +351252308147