Siga o OP nas redes

Famalicão

Obra junto ao Estádio é ilegal. Câmara vai exigir alterações ao promotor do loteamento

Publicado

em

O presidente da Câmara de Famalicão, Paulo Cunha., diz que a obra de arranjo urbanístico que está a decorrer junto ao Estádio Municipal “é ilegal, porque não está licenciada”, e que os serviços da autarquia já notificaram o empreendedor do loteamento.

Em causa está um loteamento que está a ser realizado naquele local (para onde está prevista a construção e um hotel e da cadeia de hipermercados Mercadona) e que englobou a construção da uma nova avenida e da uma nova rotunda, assim como os arranjos urbanísticos dos espaços públicos, da responsabilidade do promotor.

Acontece que foram colocadas pedras soltas como elemento de embelezamento, num espaço junto ao estádio municipal, o que já levou o PS de Famalicão a alertar para os perigos que esta opção poderá trazer.

Esta quinta-feira, questionado sobre o assunto no final da reunião de Câmara, pelos jornalistas, Paulo Cunha, referiu que o empreendedor avançou com a obra sem apresentar, como deveria, o projeto para licenciamento à Câmara Municipal, e, como tal vai ter que o alterar. Alto que, de resto, o OPINIÃO PÚBLICA já tinha avançado na sua edição impressa desta quarta-feira.

O edil considera que a intervenção realizada “é inconcebível” e não será licenciada. Paulo Cunha garante ainda que a Câmara Municipal já está no terreno e que o empreendedor do loteamento já foi notificado para fazer alterações ao arranjo urbanístico que realizou, nomeadamente a substituição das pedras por outro tipo de pavimento.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

FAMA TV

FAMA RÁDIO

ARTIGOS RECENTES

ARQUIVO

OP NAS REDES

anuncie neste espaço > ligue +351252308147