Siga-nos nas redes

Famalicão

Câmara de Famalicão apoia mais de 300 famílias no pagamento da renda

Publicado

em

A Câmara Municipal de Famalicão vai apoiar 303 famílias do concelho, ao longo deste ano, no pagamento das rendas. A proposta para a concessão dos apoios, atribuídos no âmbito do programa municipal “Casa Feliz – Apoio à Renda”, é um dos pontos em discussão na reunião desta quinta-feira do executivo municipal.

A medida representa um investimento municipal de 292.500 mil euros e os apoios são divididos em três escalões. O escalão A corresponde a um apoio mensal de 100 euros e foi atribuído a 105 candidatos. O subsídio mensal relativo ao escalão B é de 75 euros e foi atribuído a 159 candidatos. O escalão C corresponde a um apoio mensal de 50 euros e foi atribuído a 39 candidatos.

O presidente da Câmara Municipal, Mário Passos, fala numa retaguarda importante para aliviar o peso que as despesas com a habitação têm no orçamento das famílias famalicenses”.   

Este ano volta a verificar-se um aumento do investimento municipal neste programa e do número de famílias beneficiadas. Recorde-se que em 2021, o investimento da Câmara fixou-se nos 284 mil euros, beneficiando 287 famílias.

“O valor das rendas continua a ser um problema para muitas famílias e, por isso, faz todo o sentido que a Câmara Municipal continue atenta e disponível para as apoiar. Tem sido assim nos últimos anos e vai continuar a ser”, garante Mário Passos.   

Recorde-se que as candidaturas ao programa “Casa Feliz – Apoio à Renda” decorreram até ao dia 31 de janeiro de 2022.

Para além da vertente de apoio às rendas, em vigor desde 2012, o programa Casa Feliz arrancou em 2005 com uma vertente de apoio às obras. Com este projeto, as famílias que mais precisam têm acesso a um apoio financeiro até 5 mil euros para a realização de obras de reparação da habitação.

Na reunião do executivo desta quinta-feira vão estar também em análise mais 12 candidaturas apresentadas ao “Casa Feliz – Obras”, num investimento municipal que ronda os 60 mil euros. Recorde-se que desde o seu lançamento, em 2005, já foram concretizados várias centenas de processos de reabilitação, tendo o município investido mais de um milhão de euros.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

FAMA TV

FAMA RÁDIO

ARTIGOS RECENTES

ARQUIVO

OP NAS REDES