Siga o OP nas redes

Famalicão

“Galinha Mourisca” na ementa de mais uma edição do Dias à Mesa

Publicado

em

A receita da “Galinha Mourisca” que aparece descrita no livro “O Santo da Montanha”, 1866, de Camilo Castelo Branco é o prato sugerido no próximo Dias à Mesa que decorre este fim de semana, em Famalicão. Cento e cinquenta e cinco anos depois, a receita foi recuperada e reinventada numa conjugação de esforços que envolveu dois chefs da terra –  Renato Cunha e Lígia Santos – o Restaurante Oprato e a Casa Museu Camilo Castelo Branco.

Famalicão, não tendo propriamente um prato identitário exclusivo do concelho, tem um vasto legado de referências históricas ligadas à restauração. Para o vereador do Turismo, Augusto Lima, “a aposta na Galinha Mourisca constitui assim uma extraordinária oportunidade para se evocar esse ADN, convocando a obra de Camilo para contar-se histórias à mesa e reforçar-se a Rota Camiliana como um produto estratégico para o município”.

Entre amanhã, dia 10 e domingo, dia 13, os famalicenses poderão apreciar este prato que será servido em sete restaurantes do concelho, que participaram em ações de qualificação e partilha da receita. Os restaurantes são os seguintes: Ferrugem; Fondue; ME.AT; Moutados; Oprato; Outeirinho e 26 Restaurante Lounge.

A ementa é harmonizada com vinhos da região e acompanhada de entradas e sobremesas genuínas da época com registo contemporâneo.

 Refira-se que as primeiras referências bibliográficas à Galinha Mourisca datam do século XVI através do Livro de Cozinha da Infanta D. Maria. A Galinha Mourisca do Século XXI apresenta um renovado sabor, mas respeita os cânones e a valorização dos produtos locais.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

FAMA TV

FAMA RÁDIO

ARTIGOS RECENTES

ARQUIVO

OP NAS REDES