Siga o OP nas redes

Famalicão

O “Voltas” parou, mas promete regressar

Publicado

em

Famalicão não circula. A pandemia de Covid 19 levou a empresa TUF, da operadora Arriva, responsável pelo circuito do “Voltas”, a suspender aquele serviço de transporte público e, face ao desinteresse manifestado pela mesma, a Câmara de Famalicão decidiu revogar o contrato de concessão e procurar novos parceiros.

O presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, garante que esta circunstância não significa o fim do “Voltas”, mas apenas “um interregno porque a empresa que presta esse serviço manifestou desinteresse na continuidade do mesmo”.

Paulo Cunha falava aos jornalistas no final da reunião do executivo camarário, onde foi aprovada a revogação do contrato de concessão, com o vereador do PS, Nuno Sá, a lamentar que o “Voltas” não possa continuar.

Paulo Cunha reforça, porém, que a autarquia já está à procura de alternativas junto de empresas transportadoras da região, entendendo que “o Voltas, tal como foi concebido, tem todas as condições para continuar a existir”.

A criação de uma linha urbana de transporte de passageiros em Famalicão foi decidida pela Câmara Municipal em 2016, tendo o serviço sido concessionado, nesse mesmo ano à empresa TUF.

O “Voltas” circulava de segunda a sexta-feira e realizava um percurso circular que ligava os principais os principais serviços públicos da cidade, com paragens na Central de Camionagem, Biblioteca Municipal, Parque da Devesa, Tribunal, Rotunda de Santo António, Hospital, Universidade Lusíada, Rotunda 1º de Maio, Centro de Saúde e Estação Ferroviária.

Paulo Cunha lembra que está em curso um processo de reorganização de toda a rede de transportes públicos, onde a questão do “Voltas” também será incluída, acreditando que “nos próximos meses se encontrará uma outra empresa que possa retomar um projeto que foi bem-sucedido”.  E acrescenta: “Foram muito e muitos os famalicenses que usaram o Voltas e ele é absolutamente essencial para mobilidade que queremos para Famalicão”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

FAMA TV

FAMA RÁDIO

ARTIGOS RECENTES

ARQUIVO

OP NAS REDES