Siga o OP nas redes

Famalicão

15 mil pessoas passaram pelo Anima-te em Famalicão

Publicado

em

Ao longo de quase três meses, o recinto de eventos instalado no Parque da Devesa recebeu cerca de 15 mil espetadores e 84 espetáculos ligados à música cinema e circo.

O balanço é feito esta quarta-feira pela Câmara Municipal, promotora do Anima-te, um programa da autarquia para animar os meses de verão, que terminou no passado domingo, com um concerto de Tatanka.

Depois de ter sido um dos primeiros municípios do país a promover o reencontro dos cidadãos com a cultura, no verão de 2020, Famalicão repetiu este ano a fórmula de sucesso do Anima-Te entre 4 de junho e 29 de agosto.

Ao longo de quase três meses o palco do Anima-Te recebeu centenas de artistas locais e nacionais, com destaque para Miguel Araújo, Zé Amaro e Carlos Nuñez, no mês de junho; Toy, Ana Laíns, Fingertips e Carminho em julho; e Selma Uamusse, The Partisan Seed, Luísa Sobral, Bruno Pernadas, B Fachada, Joscho Stephan e Tatanka em agosto. Destaque também para as atividades desenvolvidas no âmbito das Festas Antoninas, que foram assinaladas com concertos, exposições e a instalação de uma praça de alimentação no estacionamento junto à Cespu.

Foram, de igual modo, enquadrados no Anima-Te projetos culturais de instituições locais que sofreram um interregno devido à pandemia, ou que pararam por falta de condições para avançarem de forma autónoma, como foi o caso da Mostra Medieval Ibérica Viking da Cior, o Festival Internacional Vaudeville Rendez-Vous do Teatro da Didascália, o Laurus Nobilis Hangover da Associação Ecos Culturais do Louro, o Festival Calça-Ferros da Gracafe e o Mel – Piquenique das Artes da Associação Elogio Vadio.

“Não há a menor dúvida de que se tratou de uma aposta de sucesso”realça Paulo Cunha, presidente da Câmara Municipal. “Fomentar estas iniciativas permitiu atenuar o desânimo existente no setor cultural e potenciar o envolvimento da comunidade com a sua cidade”, acrescenta.

É de destacar, de igual modo, o funcionamento, na Praça da Cidadania, do Mercado Artesanal e Street Food, que conta com a presença de mais de 20 artesãos e três unidades de “comida de rua”. Trata-se de um espaço de fruição gastronómica e de produtos locais, cujo período de funcionamento, iniciado a 4 de junho, foi prolongado até dia 12 de setembro.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

FAMA TV

FAMA RÁDIO

ARTIGOS RECENTES

ARQUIVO

OP NAS REDES