Siga o OP nas redes

Cultura

Riba d’Ave: Paulo Cunha assinala conclusão das obras do Teatro Narciso Ferreira

Publicado

em

O presidente da Câmara Municipal de Famalicão assinala a conclusão das obras de reabilitação do Teatro Narciso Ferreira, em Riba de Ave, com uma visita ao espaço esta sexta-feira, pelas 21h00.

Durante a visita, será realizado um ensaio técnico dos equipamentos, um momento que contará com vários apontamentos culturais.

O projeto de recuperação do Teatro Narciso Ferreira foi uma das apostas culturais do executivo municipal liderado por Paulo Cunha. Com um investimento de 3,5 milhões de euros a obra contou com verbas aprovadas no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU), assinado entre a autarquia e o Programa Operacional Norte 2020, com o município a garantir um cofinanciamento FEDER, no valor de 2,9 milhões de euros.

O objetivo é tornar o Teatro Narciso Ferreira num espaço multifacetado, preparado para espetáculos de teatro, de dança, de música e para sessões de cinema, capaz de responder às necessidades da própria comunidade, mas também de albergar alguns espetáculos de âmbito mais profissional. Tem condições de excelência para acolher espetáculos de circo contemporâneo.

A sala de espetáculos apresenta uma tipologia contemporânea multifuncional, de cota única, contemplando uma bancada telescópica motorizada e um teto técnico integral praticável, características que lhe permitirão configurações cénicas variáveis, capazes de responder tanto a desafios criativos específicos quer a montagens mais tradicionais, e ainda a utilizações de carácter lúdico e de atividades do âmbito da formação e da vida comunitária. Reunirá ainda os requisitos técnicos necessários à realização de assembleias, reuniões magnas, atos públicos e sessões solenes; conferências, palestras e apresentações; dança; música de câmara e/ou solista – vocal e/ou instrumental; música moderna e contemporânea com componente eletroacústica dominante; Ópera e Teatro.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

FAMA TV

FAMA RÁDIO

ARTIGOS RECENTES

ARQUIVO

OP NAS REDES