Siga o OP nas redes

Famalicão

Mário Passos: “serei o presidente de todos os famalicenses”

Publicado

em

O concelho de Famalicão voltou a pintar-se de laranja. A Coligação Mais Ação Mais Famalicão (PSD/CDS-PP) venceu em toda a linhas as eleições autárquicas do passado domingo e Mário Passos foi eleito presidente da Câmara Municipal.

Apesar de ter perdido votos e eleitos, a Coligação de direita voltou a vencer para a Câmara e Assembleia Municipal e conquistou a grande parte das juntas de freguesia, quer por candidatura própria, quer por apoio a movimentos de cidadãos. Apenas não venceu em Vermoim, Louro e Riba d’Ave, cujas juntas de freguesia foram conquistadas pelo PS (ver texto página 3).

Mário Passos foi o grande vencedor da noite. O ainda vereador das Freguesias, Desporto e Associativismo vai suceder a Paulo Cunha na presidência da autarquia e, no discurso de vitória, na sede do PSD, disse que abraça este desafio com “entusiamo, com responsabilidade e com lealdade para com os famalicenses”. E acrescentou: “Vou dar tudo o que tenho para cumprir com o programa que lhes apresentei”. Mário Passos prometeu ainda ser “o presidente de todos”, que estará “atento” e agirá “sempre no superior interesse da nossa comunidade”.

O discurso ficou também marcado pelos agradecimentos, a começar pelo voto de confiança que os famalicenses lhe deram, mas também “um agradecimento especial a Paulo Cunha, o melhor presidente de sempre da Câmara Municipal de Famalicão”, afirmou.

Apesar da vitória, o resultado da Coligação para a Câmara Municipal ficou aquém do conseguido há quatro anos, com sete vereadores eleitos (menos um do que em 2017) e com menos 11.292 votos.

O PS aumentou a votação no concelho, mas falhou o objetivo de vencer a Câmara Municipal. O cabeça de lista socialista, Eduardo Oliveira, conseguiu mais 6.517 votos para a Câmara Municipal e um total de quatro vereadores.

As restantes forças políticas não conseguiram eleger qualquer elemento para o executivo municipal.

Para a Câmara Municipal, o Chega foi a terceira força mais votada, com 2,82% dos votos, seguido da CDU com 2,42%. O Iniciativa Liberal conseguiu 2,32%, O Bloco de esquerda 1,87% e o PAN 1,60%.

VEREADORES ELEITOS:

Coligação PSD/CDS-PP

Mário Passos

Ricardo Mendes

Sofia Fernandes

Augusto Lima

Pedro Oliveira

Luísa Marlene

Hélder Pereira

PS

Eduardo Oliveira

Paulo Folhadela

Maria Augusta Santos

Sérgio Cortinhas

PARTILHE ESTE ARTIGO:

FAMA TV

FAMA RÁDIO

ARTIGOS RECENTES

ARQUIVO

OP NAS REDES