Siga o OP nas redes

Famalicão

Carolina Louro é candidata à liderança da JP de Famalicão

Publicado

em

A Juventude Popular (JP) de Famalicão vai a votos e já se perfilam candidatos. Carolina Louro apresentou, esta semana, a sua candidatura à liderança da estrutura concelhia, em carta enviada à imprensa.

Militante da JP desde 2018, Carolina Louro desempenha funções a nível concelhio e foi candidata a deputada da nação, pelo CDS-PP, nas eleições legislativas de 2019. Quer substitui José Miguel Silva na liderança da Concelhia, depois de este ter apresentado a sua demissão do cargo, em setembro último, em rutura com o presidente da Concelhia de Famalicão do CDS-PP. 

“Sinto que reúno as capacidades suficientes e necessárias para desempenhar este novo cargo de dirigente concelhio”, refere Carolina Louro, considerando que “os sonhos de uma direita popular e patriótica e da justiça geracional continuam por alcançar e por cumprir, pelo que sinto que é meu dever, enquanto famalicense e, principalmente, enquanto jovem, encabeçar este mandato de forma a trabalhar nesse sentido”.

A candidata diz ainda que “os jovens de Famalicão necessitam e anseiam por um futuro próspero e justo, pelo qual a Juventude Popular luta e continuará a lutar”. Para o cumprir, afirma que tem “uma equipa de excelência, constituída por pessoas de valor, reconhecidas a níveis locais e nacionais”.

A candidata vai apostar na continuação do Roteiro Empresarial, na promoção da Formação Política dos jovens, assim como “na promoção da vertente social, que tem vindo a ser desenvolvida”. Para além propõe-se a desenvolver “iniciativas concordantes e defensoras da Sustentabilidade Ambiental” porque, acredita que este é e este é “um tema de todos: não só da esquerda, não só da direita”.

Carolina Louro deixa ainda uma nota de agradecimento ao antigo presidente JP Famalicão, José Miguel Silva, destacando o exímio trabalho” levado a cabo pelo mesmo, assim como “o seu sentido de companheirismo e amizade”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

FAMA TV

FAMA RÁDIO

ARTIGOS RECENTES

ARQUIVO

OP NAS REDES