Siga-nos nas redes

Famalicão

Jorge Paulo Oliveira fala do projeto “Cuidar Maior” no Parlamento

Publicado

em

O deputado famalicense, Jorge Paulo Oliveira, enalteceu, a semana passada, o projeto “Cuidar Maior”, durante a audição da ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, no âmbito da especialidade da Proposta do Orçamento do Estado para 2024. 

O social-democrata apresentou o “Cuidar Maior” como um projeto pioneiro no país, de apoio ao Cuidador Informal do concelho de Famalicão e realçou que ao longo da sua implementação no terreno “várias tem sido as necessidades colmatadas, resolvidas e ajustadas, possibilitando ao cuidador melhorar a sua qualidade de vida, promovendo a melhoria do seu bem-estar, físico, social e mental”.

Jorge Paulo Oliveira assinalou que o projeto teve acesso a um importante financiamento no âmbito do “Portugal Inovação Social”, mas que este terminara no passado dia 30 de março, não tendo desde aí beneficiando de qualquer outro apoio financeiro por parte da administração central, circunstância que mereceu reparo da parte do deputado do PSD afirmando que “este tipo de projetos só é realizável se puderem contar com financiamento publico, e se assim é, não faz sentido que os financiamentos terminem a meio do ano, sem que haja um outro para o efeito em sua substituição ao qual as instituições possam concorrer, porque a resposta oferecida por este tipo de projetos tem de ter continuidade.”

Mesmo admitindo que já a partir de 2024 estes projetos possam candidatarem-se ao “Programa de Apoio a Projetos Inovadores”, Jorge Paulo Oliveira, não deixou de assinalar à ministra Ana Mendes Godinho que “estamos a falar de financiamento para respostas atípicas.” O parlamentar lembrou ainda que o projeto “Cuidar Maior”, criado em janeiro de 2020, foi “replicado em vários pontos do país”.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

Subscrever grátis

rádio e televisão em direto

ARTIGOS RECENTES

ARQUIVO DE NOTÍCIAS

Mais vistos