Siga-nos nas redes

Famalicão

Central fotovoltaica: PAN solicita informações às entidades nacionais

Publicado

em

A Comissão Política Concelhia do PAN Famalicão veio, em comunicado, acusar a Câmara Municipal de “falta de transparência” relativamente à instalação de centrais fotovoltaicas no concelho, o que “obrigou” o partido a solicitar informações diretamente às entidades competentes, nomeadamente Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Norte, Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, Agência Portuguesa do Ambiente e Direção Geral de Energia e Geologia.

Recentemente ouvimos o Sr. presidente da Câmara, Mário Passos, a falar em má-fé no âmbito de declarações relativas ao abate dos sobreiros em Outiz. Eu questiono que classificação ele dará ao executivo, que lidera, quando não se coloca em discussão pública questões tão pertinentes como a destruição do património ambiental, que nega o acesso à informação e que atua como se se tratasse de uma entidade privada, que não tem de prestar contas aos fregueses.” refere Sandra Pimenta, porta voz da Concelhia do PAN.

O partido reforça a necessidade de tornar público tudo que diga respeito ao concelho e não entende este “perpetuar de políticas e decisões que ignoram a comunidade, as associações, e os partidos políticos, tenham eles ou não representação local”, afirma. 

“Que fique claro que com ou sem representação municipal iremos continuar a fazer o nosso trabalho de oposição, apresentando, como sempre o fizemos, alternativas, sugestões e opiniões.” afirma Sandra Pimenta, acrescentando “não estamos aqui agradar à maioria PSD/CDS, estamos aqui para trabalhar pela nossa terra, pelas nossas causas, e por isso iremos questionar e escrutinar as vezes que forem necessárias o executivo”.

Assim, a Concelhia solicitou às entidades competentes, pelos pareceres e avaliações no âmbito da instalação da central fotovoltaica Outiz, acesso aos referidos documentos.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

FAMA TV

FAMA RÁDIO

ARTIGOS RECENTES

ARQUIVO

OP NAS REDES