Siga-nos nas redes

Sociedade

Alunos da Camilo desenvolvem trabalho para lembrar famalicenses vitimas do nazismo

Publicado

em

Desde setembro de 2021, que os alunos do 12º L, de Línguas e Humanidades, do Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco (ESCCB), desenvolvem o projeto “Em Memória dos Esquecidos: do Passado para o Futuro!”, em articulação com o Programa Educativo Municipal “De Famalicão para o Mundo” e com o Instituto de História Contemporânea da FCSH/Nova de Lisboa.

Numa fase inicial, os jovens participaram no “II Encontro de Famalicão para o Mundo: migrações e trabalho forçado em contexto de guerra”, e visitaram a exposição “Trabalhadores Forçados Portugueses no III Reich e os Famalicenses no Sistema Concentracionário Nazi”, na Casa do Território.

Os promotores destas iniciativas facultaram também formação especializada aos docentes, o que permitiu conduzir os alunos através de arquivos físicos e digitais, como os paroquiais, os arquivos nacionais de França, o Holocaust Survivors And Victims Resource Center, o Arquivo de Arolsen, Le Maitron, entre outros.

O trabalho de pesquisa conduziu à elaboração de um dossier informativo, que fundamentou um conjunto de ações práticas, desde recreações artísticas, um documentário, uma instalação/exposição, uma página web, podcasts, audioguias, workshops nas turmas do secundário, campanhas de rua, divulgação das campanhas da Amnistia Internacional e a inauguração do “Caminho da Memória”. Entretanto, esta quinta-feira, dia 20 de janeiro, foi plantada uma oliveira e descerrada uma placa de homenagem na ESCCB, que pretende lembrar e honrar todos os portugueses e famalicenses que foram vítimas da barbárie nazi. 

De sublinhar que uma vasta rede de parceiros internos e externos permitiu este trabalho de projeto, desde a direção da escola, Biblioteca Vasco Carvalho, famílias, juntas de freguesia, famalicenses, entre outros.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

FAMA TV

FAMA RÁDIO

ARTIGOS RECENTES

ARQUIVO

OP NAS REDES