Siga o OP nas redes

Famalicão

Loja do Cidadão de Famalicão deverá abrir entre agosto e setembro

Publicado

em

A Loja do Cidadão de Famalicão deverá ser uma realidade entre agosto e setembro deste ano, anunciou hoje a Câmara Municipal, adiantando que será uma das maiores do país e vai reunir as duas conservatórias dispersas pela cidade (Registo Civil e Registo Predial, Comercial e Automóvel), os dois serviços de finanças do concelho, a delegação local da Segurança Social e um Espaço do Cidadão.

As obras de construção do espaço, localizado numa área central da cidade com cerca de 3.000 metros quadrados, deverão estar concluídas até ao final de julho próximo, mediante um investimento de dois milhões de euros, sendo previsivel a sua entrada em funcionamento entre agosto e setembro.  Os custos da intervenção estão a ser assumidos pela autarquia em 80% do seu valor, sendo cerca de 20% assegurados por fundos comunitários, através do Norte 2020.

Na passada sexta-feira, o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, reuniu no local da obra com representantes das organizações cujos serviços públicos vão ser prestados no local (Instituto dos Registos e Notariado, Autoridade Tributária e Aduaneira e Instituto de Segurança Social) e com representante da Agência para a Modernização Administrativa (AMA), para avaliar do avanço da intervenção.

“Teremos em Famalicão uma Loja do Cidadão à altura da dimensão e dinâmica do concelho, que oferecerá as condições que hoje não existem para a prestação de serviços públicos essenciais às pessoas”, refere o presidente da autarquia. “São serviços da responsabilidade da Administração Centra, mas a Câmara não pode ficar insensível às necessidades dos seus cidadãos. Por isso, assumimos este investimento”, acrescenta.

A Loja do Cidadão de Famalicão vai ficar instalada no espaço da antiga superfície comercial Inô, junto aos Paços do Concelho. Para o seu funcionamento foi estabelecido um protocolo para a instalação e gestão entre as partes envolvidas.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

FAMA TV

FAMA RÁDIO

ARTIGOS RECENTES

ARQUIVO

OP NAS REDES