Siga o OP nas redes

Famalicão

Festas Antoninas arrancam a 4 de junho com programa reduzido

Publicado

em

Está acertado o programa das Festas Antoninas 2021. Depois de um ano de paragem motivado pela pandemia da Covid-19, a grande romaria de Famalicão está de regresso e as comemorações arrancam a 4 de junho para dez dias de festa marcados, sobretudo, por muita música.

Ao contrário do que estava inicialmente previsto, a hipótese adiantada de criação de uma zona de divertimentos em Ribeirão não se vai concretizar, segundo a autarquia, devido ao baixo número de requerimentos apresentados para o efeito por parte dos empresários do setor junto da Câmara Municipal.

Quanto à música. os 12 concertos que integram o programa das festas vão decorrer enquadrados no “Anima-te” e vão, por isso, seguir as mesmas regras que estão estabelecidas para os restantes espetáculos que vão decorrer entre junho e agosto.

O palco do Anima-te está instalado no Parque da Devesa, ao ar livre, junto ao lago, numa área limitada e preparada para receber cerca de 882 pessoas. Todos os espetáculos têm entrada livre, com levantamento obrigatório de ingresso no local do evento (Parque da Devesa) no período das 2 horas que antecede o espetáculo. Cada pessoa poderá levantar até 6 ingressos.

Miguel Araújo, no dia 4 de junho, e Zé Amaro, no dia 11, são os principais cabeças de cartaz de um programa que vai também contar com a música dos Cotovia Arisca e da Banda Myllenium, no dia 5, dos Pedra D’Agua e da Banda de Música de Riba D’Ave, no dia 6 de junho, do folclore famalicense e da Associação de Tocadores e Cantadores ao Desafio Famalicense, no dia 10, com a voz de Maria do Sameiro e da Banda Fammashow, no dia 12, e a terminar, no dia 13, com os concertos dos Folc D’Ave e da Banda de Música de Famalicão.

Marchas Antoninas relembradas com exposição

Apesar de anulado, o desfile das Marchas Antoninas pelas ruas da cidade vai ser relembrado através de uma exposição patente no Parque da Devesa e que vai reunir alguns dos arcos que abrilhantaram as últimas edições daquele que é o ponto alto das Festas. Nota ainda para outras duas exposições: as Cascatas a Santo António, na Praça 9 de Abril, e uma última intitulada “Festas Antoninas. Entre o Sagrado e o Profano”, patente no Museu Bernardino Machado e nas ruas e praças da cidade.

Para o dia 13 de junho, às 17h00, está agendada a missa na capela de Santo António, que terá transmissão digital via Facebook do Município. À noite, pelas 21h30, haverá a habitual sessão de fogo de artifício, no Parque da Devesa.

Entretanto, junto ao recinto do Anima-te, no parque de estacionamento provisório localizado nos terrenos da antiga Central de Camionagem, será instalada durante o período das Antoninas uma zona de alimentação que apenas funcionará ao postigo, sem esplanada e com lotação limitada. 

Refira-se ainda que durante este período decorrerá também o concurso de quadras “Santo António e a Mobilidade nas Festas Antoninas”.

A Câmara alerta, contudo, que o programa estará sempre sujeito à evolução da situação epidemiológica no concelho e às orientações impostas pela Direção-Geral da Saúde.

PARTILHE ESTE ARTIGO:

FAMA TV

FAMA RÁDIO

ARTIGOS RECENTES

ARQUIVO

OP NAS REDES