Siga o OP nas redes

Sociedade

Ordem dos Médicos contra obrigatoriedade da StayAway Covid

Publicado

em

A Ordem dos Médicos está contra a obrigatoriedade da instalação da aplicação StayAway Covid por não existir evidência científica de que a sua utilização contribua para a diminuição da incidência de covid-19.

“A aplicação StayAway Covid só tem utilidade em complementaridade com outras medidas de controlo da pandemia e o seu interesse é escasso isoladamente. Não existe evidência científica robusta de que a sua utilização possa contribuir de forma significativa para diminuir a incidência da covid-19”, justifica em comunicado a Ordem dos Médicos.

E acrescenta que “a obrigatoriedade da sua instalação, utilização e respetiva fiscalização, coloca em causa questões éticas fundamentais subjacentes à vivência de um estado democrático, ao não preservar a confidencialidade e proteção de dados pessoais, e ao interferir com liberdades fundamentais e direitos individuais, que todos queremos proteger”.

No comunicado enviado hoje, a Ordem dos Médicos explica ainda que “uma parte significativa da população portuguesa, talvez até a mais vulnerável, nem sequer tem os equipamentos móveis necessários para instalar a aplicação StayAway Covid.

“Nesta medida, a instalação e utilização da aplicação Stayaway Covid deve ser recomendada, mas em circunstância alguma ser obrigatória”, argumenta.

No entender da Ordem, “o combate à infeção pelo SARS-CoV-2 tem várias dimensões que podem e devem ser aplicadas no terreno” e nesse sentido defende que “ouvir quem identifica cadeias de transmissão, diagnostica, segue e trata os doentes é absolutamente essencial para vencer esta pandemia”.

Neste sentido, defendem que querem que “Portugal seja uma referência na área da saúde, covid e não covid, o que implica persistir no caminho da ciência e da ética”.

Sociedade

Câmara inaugura incubadora vocacionada para a sustentabilidade

Publicado

em

por

A estrutura de apoio a novas empresas vai funcionar nas instalações do CIIES, em Vale S. Cosme e disponibilizando espaço para dez novos projetos empresariais.

A inauguração surge no contexto de comemoração do 6.º aniversário da criação do projeto Famalicão Made IN, a grande aposta do Município para promover o crescimento económico do concelho.

Ver mais em famatv.pt

Continuar a Ler

Sociedade

Autarcas e moradores promovem ação de limpeza em S. Miguel-o-Anjo

Publicado

em

por

No último sábado foi levada a cabo uma ação de limpeza do Monte de S. Miguel-o-Anjo que consistiu na remoção de lixo por parte de vários serviços do município de Famalicão, responsáveis da União das freguesias de Famalicão e Calendário e membros da Associação de Moradores da Cal.

Ler mais em famatv.pt

Continuar a Ler

Sociedade

Maria Negrão: a estreante na seleção nacional com apenas 16 anos

Publicado

em

por

O Futebol Clube (FC) de Famalicão feminino tem na formação sénior uma jogadora que está a dar nas vistas. Maria Negrão vai na segunda temporada no emblema famalicense e veste a camisola 10 da equipa. Até aqui, tudo bem. O que mais espanta é a idade de Negrão. A jovem jogadora tem apenas 16 anos e foi chamada, pela primeira vez, à seleção nacional portuguesa.

Em entrevista ao Canal 11, a jovem atleta explicou como surgiu a paixão pelo futebol. “Aprendi a jogar assim, a tentar acompanhar os truques dos meus irmãos, que são 11 e dez anos mais velhos do que eu. Em 2008, fui para o meu primeiro clube, que era fruto de uma parceria entre o Boavista e o AC Milan. Depois passei pelo SC Porto, onde joguei com rapazes, e integrei o projeto do Famalicão”, referiu, revelando que não esperava a chamada à seleção principal assim tão cedo.

Na temporada passada, Maria Negrão ajudou o FC Famalicão subir à I Divisão Nacional. Com 19 golos, a média ofensiva foi um dos destaques do plantel liderado por João Marques. Este ano, continua a ser peça fulcral no onze famalicense, tendo realizado uma exibição de grande nível na meia final diante do SL Benfica.

A jovem jogadora de 16 anos está concentrada na seleção portuguesa, onde está a participar num estágio de preparação para dois jogos diante de Chipre, que contam para a fase de qualificação para o próximo europeu.

Rute Costa, jogadora do FC Famalicão, também foi chamada aos trabalhos da seleção nacional.

FOTO: Federação Portuguesa de Futebol

Continuar a Ler

Mais vistos